Estudo explica por que pacientes com herpes-zóster sentem dor (2022)

Em artigo publicado no The Journal of Neuroscience, pesquisadores da USP mostram papel da citocina TNF no surgimento da neuralgia herpética. Descoberta abre caminho para novas abordagens terapêuticas (Varicella zoster/Wikimedia Commons)

07 de julho de 2017

Karina Toledo | Agência FAPESP – A catapora é uma doença típica da infância que, na maioria dos casos, evolui de forma benigna e os sintomas desaparecem em até 10 dias. Seu agente causador, contudo, o vírus Varicella zoster, permanece para sempre no organismo. Em alguns casos, pode voltar a incomodar depois de anos, provocando uma nova doença conhecida como herpes-zóster.

Um dos primeiros e mais incômodos sintomas de herpes zoster é uma dor intensa e incessante conhecida como neuralgia, que afeta principalmente os nervos da região torácica, mas também da região cervical, do nervo trigêmeo (na face) e da lombar. A sensação dolorosa pode vir acompanhada de parestesia (sensações de frio, calor, formigamento ou pressão sem estímulo causador), ardor e coceira. O quadro clínico costuma evoluir para lesões localizadas da pele.

Os mecanismos imunológicos desencadeados pelo vírus quando ele é reativado, que alteram o funcionamento dos neurônios sensitivos e resultam em neuralgia herpética, foram descritos por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) em um artigo publicado no The Journal of Neuroscience. A descoberta, segundo os autores, possibilita a busca de novas terapias que, além de combater a dor aguda, podem impedir que ela se torne crônica – condição conhecida como neuralgia pós-herpética.

A investigação foi conduzida no âmbito do Centro de Pesquisa em Doenças Inflamatórias (CRID http://cepid.fapesp.br/centro/20/), um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) apoiados pela FAPESP.

“O tratamento para a neuralgia herpética, atualmente, é feito com medicamentos anti-inflamatórios do tipo corticoide. Embora sejam eficazes para eliminar os sintomas, podem prejudicar o controle da infecção, pois são imunossupressores. Resultados de nosso trabalho sugerem que terapias capazes de bloquear a ação de um mediador inflamatório conhecido como TNF [fator de necrose tumoral] poderia agir de forma mais seletiva e eficaz”, afirmou Thiago Cunha, professor da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), da USP, e coautor do artigo.

(Video) Herpes Zoster - Tratamento Dor Pós Herpes Zoster

Segundo o pesquisador, a maior parte da população mundial é portadora do vírus Varicella zoster, que costuma se alojar nos gânglios nervosos, onde estão localizados os corpos dos neurônios sensitivos que se projetam para as diferentes partes do corpo. Por motivos ainda não totalmente compreendidos – mas que certamente envolvem uma queda na imunidade – ocorre em algumas pessoas a reativação do vírus, causando inflamação no gânglio. O problema é mais comum em pessoas com mais de 60 anos.

“Até que as lesões na pele apareçam, o que costuma demorar entre cinco e 10 dias até que o vírus seja transportado ao longo do nervo, o único sintoma do herpes-zóster é a neuralgia. Isso torna o diagnóstico difícil”, comentou Cunha.

Novo modelo

Uma das contribuições do trabalho desenvolvido no CRID foi a validação de um modelo animal para o estudo dos mecanismos moleculares envolvidos no surgimento da neuralgia herpética. Como o Varicella zoster (HZ) não infecta camundongos, o grupo usou nos experimentos um microrganismo aparentado, o vírus da herpes simples tipo 1 (HSV-1), que em seres humanos pode causar feridas labiais e genitais.

“No camundongo, o HSV-1 induz dor e lesões na pele, um quadro muito similar ao herpes-zóster. Usamos esse modelo para caracterizar os mecanismos imunológicos desencadeados pelo vírus no gânglio da raiz dorsal, que fica próximo à medula espinal”, contou Cunha.

Após uma série de experimentos in vitro e in vivo, que envolveram animais “selvagens” (sem modificação genética) e também roedores geneticamente modificados para não expressar determinadas moléculas que participam da resposta imune ou então para expressar células fluorescentes possíveis de serem rastreadas, o grupo formulou uma teoria sobre o que acontece nos gânglios nervosos quando o vírus HZ é reativado.

De acordo com os pesquisadores, células do sistema imune, particularmente macrófagos e neutrófilos, são atraídas para o tecido nervoso e começam a liberar mediadores inflamatórios (citocinas) na tentativa de eliminar o patógeno.

(Video) Dor Herpética: Diagnóstico e Tratamento da Dor Pós Herpes Zoster

Uma dessas citocinas inflamatórias – conhecida como TNF – se liga a uma proteína (um receptor próprio para TNF) existente na membrana das chamadas células-satélites, que funcionam como auxiliares do neurônio e têm a função de controlar os níveis de potássio no entorno da célula nervosa.

Quando o receptor de TNF é ativado pela citocina, a expressão de uma outra proteína é reduzida: a Kir4.1, que atua como um canal para a passagem de íons de potássio para dentro da célula-satélite.

“Quando o neurônio se despolariza [liberando um impulso nervoso], o potássio sai do meio intracelular para o extracelular. Para manter o equilíbrio químico no local, o excesso de potássio deve entrar na célula-satélite e isso ocorre pelo canal Kir4.1”, explicou Cunha.

Resultados dos experimentos feitos na USP, porém, sugerem que, com a queda na expressão desse canal iônico Kir4.1 induzida pelo TNF, o potássio começa a se acumular em torno do neurônio e isso faz com que a célula nervosa fique com a excitabilidade maior do que deveria.

“O neurônio fica mais sensível a qualquer estímulo e pode até mesmo ocorrer dor espontânea. Não há lesão, portanto, mas uma mudança nas características funcionais da célula. Em nosso modelo nós avaliamos a resposta de camundongos a estímulos mecânicos”, contou Cunha.

A análise comportamental dos animais foi feita por uma técnica conhecida como filamentos de von Frey – um conjunto de fios de náilon, com espessuras variadas, que são pressionados sobre a pata do animal. Cada filamento representa uma força em gramas e indica o grau de pressão que o animal consegue suportar antes de demonstrar desconforto.

“Enquanto um camundongo sadio [grupo controle] só começa a esboçar reação com uma pressão de 1 grama, o animal com neuralgia já sinaliza desconforto com pressão entre 0,04g e 0,08g. Isso mostra hipersensibilidade. Porém, quando repetimos o experimento e tratamos os roedores com anticorpos capazes de neutralizar o TNF, eles voltam a responder como o controle”, contou o pesquisador.

(Video) BOLHAS, FERIDA E DOR: O QUE É HERPES ZOSTER? | Dr Ajuda

Em um outro experimento, roedores modificados para não expressar o receptor de TNF apresentaram menor incidência de dor quando infectado pelo vírus em comparação com os animais selvagens.

A investigação foi conduzida durante o doutorado de Jaqueline Raymondi Silva, com apoio de Bolsa da FAPESP e sob a orientação dos professores Thiago Mattar Cunha e Fernando de Queiroz Cunha da FMRP-USP.

Nova abordagem

De acordo com Thiago Cunha, dados da literatura científica indicam que pacientes que fazem uso de medicamentos anti-TNF para o tratamento de doenças inflamatórias crônicas, como artrite reumatoide, apresentam uma menor probabilidade de desenvolver a neuralgia pós-herpética.

“Esse foi um dos fatores que nos levou a desconfiar que o TNF teria um papel central no surgimento da dor”, disse.

Além de testar essa classe de drogas no tratamento de herpes-zóster, o grupo também vê a possibilidade de investigar moléculas capazes de modular o canal iônico Kir4.1.

“Já há no mercado uma droga capaz de fazer essa modulação de forma indireta, atuando sobre receptores neuronais do tipo GABA-B. Chama-se baclofen e é usada principalmente como relaxante muscular. É uma alternativa a ser testada”, avaliou Cunha.

(Video) ActMed Ao Vivo: Dor após herpes-zoster: como tratar

O artigo Neuro-immune-glia interactions in the sensory ganglia account for the development of acute herpetic neuralgia pode ser lido em: http://www.jneurosci.org/content/early/2017/06/02/JNEUROSCI.2233-16.2017/tab-article-info.

Republicar

A Agência FAPESP licencia notícias via Creative Commons (CC-BY-NC-ND) para que possam ser republicadas gratuitamente e de forma simples por outros veículos digitais ou impressos. A Agência FAPESP deve ser creditada como a fonte do conteúdo que está sendo republicado e o nome do repórter (quando houver) deve ser atribuído. O uso do botão HMTL abaixo permite o atendimento a essas normas, detalhadas na Política de Republicação Digital FAPESP.

Estudo explica por que pacientes com herpes-zóster sentem dor (2)

(Video) Correspondente Médico: Casos de herpes zoster têm alta de 35% na pandemia - Correspondente Médico

Voltar

FAQs

Porque a herpes zoster dói? ›

Isso acontece porque os nervos alvo do herpes zoster são os responsáveis pela sensibilidade. As pessoas que a desenvolvem estão mais suscetíveis a apresentar quadros de depressão e outras alterações psíquicas e físicas por causa da dor frequente.

Porque herpes zoster dói mais à noite? ›

Olá! As dores por Herpes Zoster muitas vezes podem ser neuropática, ou seja, serem provocados por lesão de nervos. Essas dores frequentemente pioram durante a noite. Há diversas medicações que podem lhe ajudar a controlar esses sintomas, que não são apenas analgésicas, como é o caso do tramadol.

O que fazer para aliviar as dores da herpes zoster? ›

Algumas opções de remédios caseiros para herpes zoster são:
  1. Compressas de vinagre de maçã O vinagre de maçã possui ótimas propriedades para tratar irritações e lesões da pele. ...
  2. Pasta de amido de milho e bicarbonato. ...
  3. Banho de aveia. ...
  4. Óleo de calêndula. ...
  5. Banho de camomila.

Quanto tempo duram as dores da herpes zoster? ›

A dor é uma das principais características do herpes zóster e pode surgir antes das erupções na pele. Esses sintomas costumam evoluir para a cura em poucas semanas, entretanto, mesmo após a cicatrização das lesões, a dor crônica chamada neuralgia pós-herpética (NPH) pode persistir por meses e até anos.

Quando a herpes ataca os nervos? ›

Um dos primeiros e mais incômodos sintomas de herpes zoster é uma dor intensa e incessante conhecida como neuralgia, que afeta principalmente os nervos da região torácica, mas também da região cervical, do nervo trigêmeo (na face) e da lombar.

O que fazer quando o aciclovir não faz efeito? ›

A administração prolongada ou repetida de aciclovir em pacientes seriamente imunocomprometidos pode resultar na seleção de cepas de vírus com sensibilidade reduzida, que podem não responder ao tratamento contínuo com aciclovir. Eventos adversos podem variar sua incidência dependendo da indicação.

O que não pode comer quando está com herpes zoster? ›

O que evitar
  • Oleaginosas (castanhas, nozes, avelã, gergelim, amêndoas e amendoim), milho, coco, café, uva, trigo, aveia e suco de laranja: são ricos em arginina, o que consequentemente é responsável pelo aumento da replicação do vírus.
  • Açúcares e adoçantes artificiais: suprimem o sistema imunológico e pioram a inflamação.
20 Mar 2018

Qual remédio tomar para dor de herpes zoster? ›

Tratamento. O herpes zoster geralmente é tratado com medicamentos anti-virais. Comprimidos de esteróides podem ser prescritos para reduzir o inchaço e coceira, mas na maioria dos casos isso não é necessário. Medicamentos anti-inflamatórios, tais como ibuprofeno, também podem ajudar a reduzir a dor e o inchaço.

Quais são as sequelas do herpes zoster? ›

A doença pode deixar sequelas, que vão de cicatrizes a cegueira e surdez. Também é comum a neuralgia pós-herpética, conhecida como nevralgia, uma condição dolorosa que é ativada na maioria daqueles que desenvolvem a herpes-zoster e que pode durar vários anos.

O que uma pessoa com herpes não pode fazer? ›

Como não pegar herpes
  • Ter relações sexuais protegidas com preservativo;
  • Evitar beijar outras pessoas com herpes labial visível;
  • Evitar a partilhar de copos, talheres ou pratos com pessoas que apresentem uma ferida de herpes visível;
  • Não partilhar objetos que possam ter estado em contato com feridas do herpes;

Quem tem herpes pode comer banana? ›

Como combater herpes com alimentação

O ideal é investir em opções que fortalecem o sistema imune, como peixes ricos em ômega 3, linhaça, frutas vermelhas, iogurte, banana, aspargo, entre outros. Vale ainda a pena apostar em alimentos que são fonte de lisina, um aminoácido associado à diminuição da replicação do vírus.

Porque não se pode tomar aciclovir à noite? ›

Não há essa recomendação formal de não usar a noite, acontece que o tratamento normalmente mais importante para o herpes é o antiviral comprimido tomado por via oral , daí não haver necessidade por exemplo de você acordar varias vezes a noite para reaplicação do creme de aciclovir, mas não que seja proibida a aplicação ...

O que ativa a herpes zoster? ›

O que causa o herpes zóster? Qualquer pessoa que teve catapora em algum momento da vida pode desenvolver herpes zóster. Isso porque o vírus fica latente (adormecido) nos gânglios do corpo e, eventualmente, pode ser reativado e “viajar” ao longo das vias nervosas até a pele, onde causa inflamação.

Pode tomar aciclovir todos os dias? ›

O aciclovir pode ser usado todas as vezes que o paciente tiver uma crise. Quando o paciente apresenta quadros recorrentes com elevada frequência, o chamado tratamento supressivo pode ser indicado para evitar crises repetidas.

Como saber se a herpes zoster está sarando? ›

Quanto tempo leva para curar da Herpes zoster? Olá, conhecemos as lesões causadas pela reativação do vírus da catapora como herpes zoster e, na maioria das pessoas, em menos de 2 semanas (em média 07 a 10 dias), todas as lesões evoluem para crostas, indicando o término da infecção.

Quem tem herpes tem imunidade baixa? ›

Depois da primeira infecção (primária), o vírus do herpes permanece dormente (latente) no corpo, no entanto, quando nosso sistema imunológico está em condições negativas, ele pode reaparecer. Assim, o surgimento de herpes pode ser um indício de imunidade baixa.

O que pode ser confundido com herpes zoster? ›

Embora confundida com a herpes simples, o herpes zoster é uma doença diferente, com sintomas e tratamentos distintos. Em primeiro lugar, seu agente causador é um tipo de vírus diferente da herpes comum, e que possui diversas particularidades.

O que significa herpes na espiritualidade? ›

Na visão da Leitura Corporal, o herpes é um desses recursos de individuação, que se faz presente quando o indivíduo, em relação à função emocional da área acometida, está priorizando o que é do outro, sem dar a devida importância ao que é próprio.

Qual a diferença do aciclovir 200mg e 400mg? ›

O 400 é pra casos mais graves. Em geral a dose está relacionada com o peso do paciente e não com a gravidade em relação ao aciclovir.

Quais são os efeitos colaterais do aciclovir? ›

- dor de cabeça, tonteira; - enjoos, vômito, diarreia e dores no abdômen; - coceira e vermelhidão/protuberâncias na pele que podem piorar com exposição ao sol; - sensação de cansaço, febre.

Quanto tempo aciclovir 400mg faz efeito? ›

O medicamento normalmente começa a fazer efeito já nas primeiras 48 horas após o início do tratamento. Após esse período, ocorre uma redução dos sintomas e do tempo de doença. Quando o quadro é bastante intenso, o medicamento pode começar a ter efeito apenas após 72 horas do início do tratamento.

Qual a melhor vitamina para quem tem herpes? ›

As vitaminas C, B5, B6, zinco e magnésio e são boas escolhas. Além deste controle, a dieta equilibrada, rica em frutas e vegetais também é importante para evitar os surtos de herpes. Merecem destaque ainda os alimentos fontes de ômega 3, especialmente peixes e linhaça, capazes de melhorar o sistema imune.

Como aumentar a imunidade do corpo contra vírus da herpes? ›

Para tratar o herpes e evitar infecções recorrentes, deve-se fazer uma dieta que inclua alimentos ricos em lisina, que é um aminoácido essencial que não é sintetizado pelo organismo e que deve ser ingerido através da alimentação ou de suplementação, sendo que algumas fontes de lisina são as carnes, peixes e o leite.

Quais as frutas ricas em lisina? ›

Especialistas recomendam doses diárias de 500mg a 3.000mg de lisina, pois podem reduzir lesões. Além disso, outros alimentos, junto com os já citados anteriormente, como peixes, gemas de ovos, legumes e frutas (manga, damasco, maçã, pera e fico), são, também, boas opções de ingestão.

Qual melhor sabonete para herpes zoster? ›

Em relação ao sabonete, pode usar qualquer sabonete neutro e evitar fricção local.

Como me curei da herpes? ›

Embora não exista uma cura para o herpes, existem remédios que podem ser usados para tratar uma crise mais rapidamente. O remédio mais usado é o Aciclovir, que é um antiviral que é capaz de enfraquecer o vírus, fazendo com que deixe de provocar as alterações na pele.

Como fazer a casca da herpes cair? ›

Se não houver sinais de inflamação e a casca tiver bem sequinha, você pode no máximo passar hipogloss ou bepantol que fariam mais a função de umedecer o local para que a casca solte mais naturalmente e tire um pouco a sensação de "ressecamento" que a presença da casca pode causar!

O que pode piorar a herpes zoster? ›

Além de baixa imunidade, outros fatores podem desencadear o problema como má alimentação, falta de sono, infecções e estresse intenso. É preciso atenção, pois pessoas com herpes zoster são transmissoras do vírus da varicela.

Quem tem herpes zoster pode tomar a vacina? ›

Vacina Herpes Zoster (Zostavax®): Essa vacina é indicada apenas para pessoas com mais de 50 anos, e deve ser administrada como rotina para maiores 60 anos de idade, mesmo se houver histórico anterior de herpes zóster, ou de terem tomado ou não vacina contra catapora.

O que acontece se a herpes zoster não for tratada? ›

Caso não seja adequadamente tratado com medicações antivirais, o herpes zóster pode deixar cicatrizes inestéticas, manchas e até mesmo determinar a chamada “neuralgia pós-herpética”.

Como lavar a roupa de quem está com herpes zoster? ›

Qual o melhor jeito de lavar roupa de quem tem herpes? É só lavar como as roupas normais, porém você deve lavar elas separadas das roupas das pessoas não infectadas, não poderá colocar as duas juntas para evitar contaminação por contato.

Quanto tempo a herpes morre? ›

"Esse vírus acaba morrendo. Ele tem um tempo de vida de 10 a 15 anos, o que siginifica que se você tem quando é criança, pode não ter quando for adulto", explica João Paulo Bueno, infectologista do Hospital Professor Edmundo Vasconcelos, em São Paulo. O vírus morre naturalmente, mas ainda não é possível matá-lo.

Faz mal passar álcool 70 em herpes? ›

Estudos realizados na última década, demonstraram que o álcool etílico na concentração de 70%, em 30 segundos de contato com a superfície a ser higienizada, apresenta potente ação contra fungos, muitos tipos de vírus (HIV, HBV, HVC, herpes vírus, influenza vírus, adenovírus, enterovírus, rinovírus, rotavírus).

Quem tem herpes zóster pode comer ovo? ›

Para isso, a lisina tem se mostrado efetiva na diminuição da replicação viral do herpes. “Aumente o consumo de alimentos como peixes, leite, carnes, queijos, soja e ovos, pois são ricos em lisina, um aminoácido essencial que deve ser ingerido através da alimentação”, afirma a nutricionista.

Qual o chá que é bom para herpes? ›

Chá de sálvia e ruibarbo

O chá de sálvia e ruibarbo é rico em cineol, cânfora, antocianinas e proantocianidinas, que são substâncias com propriedades antivirais, antioxidantes e anti-inflamatórias, que agem impedindo a multiplicação do vírus da herpes labial e reduzem os sintomas de coceira, vermelhidão e dor.

Qual o alimento mais rico em lisina? ›

Os alimentos com a maior quantidade de lisina são, naturalmente, os ricos em proteínas. A carne é uma das principais fontes desse aminoácido, especialmente de aves e peixes. Também é possível encontrar a lisina no leite e em seus produtos derivados, como iogurtes e queijos.

Pode tomar 2 aciclovir de uma vez? ›

Segundo descrito na bula do medicamento, para tratamento de Herpes zoster em adultos: dois comprimidos de 400 mg, cinco vezes ao dia, em intervalos de aproximadamente quatro horas, omitindo-se as doses noturnas. O tratamento deve ter a duração de sete dias.

Pode tomar aciclovir e dipirona juntos? ›

Não interfere no tratamento ? Pode sim! Não há problemas! Caso o herpes esteja lhe causando dor, você poderá tomar um analgésico ou anti-inflamatório concomitantemente ao uso do Aciclovir!

Quantos dias tem que tomar aciclovir? ›

Tratamento de Herpes simples em adultos: Um comprimido de aciclovir 200 mg, cinco vezes ao dia, com intervalos de aproximadamente quatro horas pulando a dose noturna. O tratamento precisa ser mantido por cinco dias, e deve ser estendido em infecções iniciais graves.

Porque a herpes zoster dói tanto? ›

Isso acontece porque os nervos alvo do herpes zoster são os responsáveis pela sensibilidade. As pessoas que a desenvolvem estão mais suscetíveis a apresentar quadros de depressão e outras alterações psíquicas e físicas por causa da dor frequente.

Quanto tempo dura o efeito do aciclovir? ›

O tratamento com aciclovir creme deve continuar por pelo menos 4 dias, para herpes labial, e por 5 dias, para herpes genital. Se não ocorrer cicatrização, o tratamento deve ser prolongado por mais 5 dias e se as lesões permanecerem após 10 dias, deve-se consultar o médico.

Qual a gravidade da herpes zoster? ›

A Herpes-Zóster pode provocar algumas complicações, listadas abaixo. Ataxia cerebelar aguda, que pode afetar o equilíbrio, fala, deglutição, movimento dos olhos, mãos, pernas, dedos e braços. Trombocitopenia, ou seja, baixa quantidade de plaquetas, responsáveis pela coagulação, no sangue.

Pode tomar aciclovir é usar a pomada ao mesmo tempo? ›

Olá! Se quiser, pode utilizar sim, mas não é necessário, o efeito da medicação oral já supre a necessidade.

O que fazer para aliviar a dor do herpes zoster? ›

Se a coceira e a dor não melhorarem com as compressas, deve-se consultar um dermatologista ou um clínico geral, que podem indicar o uso de cremes ou pomadas que ajudem a aliviar os sintomas. Quando a dor é muito intensa, o médico pode também recomendar o uso de analgésicos, como o paracetamol, por exemplo.

O que fazer quando o aciclovir não faz efeito? ›

A administração prolongada ou repetida de aciclovir em pacientes seriamente imunocomprometidos pode resultar na seleção de cepas de vírus com sensibilidade reduzida, que podem não responder ao tratamento contínuo com aciclovir. Eventos adversos podem variar sua incidência dependendo da indicação.

Quem tem herpes zoster pode ter câncer? ›

Devido a isso, o aparecimento do distúrbio pode ser um sinal de alerta, já que, por estar associado à baixa capacidade de defesa do corpo, ele pode sinalizar doenças mais graves, como um câncer.

Quem tem herpes zoster tem que ficar de repouso? ›

Basta fazer repouso e se ausentar da escola por pelo menos 15 dias, período em que a doença já não apresenta mais risco de passar para outras pessoas. No caso da Herpes Zóster, é preciso também se afastar do trabalho e atividades comuns do cotidiano e fazer repouso.

Quando a herpes zoster está sarando? ›

Quanto tempo leva para curar da Herpes zoster? Olá, conhecemos as lesões causadas pela reativação do vírus da catapora como herpes zoster e, na maioria das pessoas, em menos de 2 semanas (em média 07 a 10 dias), todas as lesões evoluem para crostas, indicando o término da infecção.

Qual remédio tomar para dor de herpes zoster? ›

Tratamento. O herpes zoster geralmente é tratado com medicamentos anti-virais. Comprimidos de esteróides podem ser prescritos para reduzir o inchaço e coceira, mas na maioria dos casos isso não é necessário. Medicamentos anti-inflamatórios, tais como ibuprofeno, também podem ajudar a reduzir a dor e o inchaço.

O que não pode comer quando está com herpes zoster? ›

O que evitar
  • Oleaginosas (castanhas, nozes, avelã, gergelim, amêndoas e amendoim), milho, coco, café, uva, trigo, aveia e suco de laranja: são ricos em arginina, o que consequentemente é responsável pelo aumento da replicação do vírus.
  • Açúcares e adoçantes artificiais: suprimem o sistema imunológico e pioram a inflamação.
20 Mar 2018

O que uma pessoa com herpes não pode fazer? ›

Como não pegar herpes
  • Ter relações sexuais protegidas com preservativo;
  • Evitar beijar outras pessoas com herpes labial visível;
  • Evitar a partilhar de copos, talheres ou pratos com pessoas que apresentem uma ferida de herpes visível;
  • Não partilhar objetos que possam ter estado em contato com feridas do herpes;

Quem tem herpes pode comer banana? ›

Como combater herpes com alimentação

O ideal é investir em opções que fortalecem o sistema imune, como peixes ricos em ômega 3, linhaça, frutas vermelhas, iogurte, banana, aspargo, entre outros. Vale ainda a pena apostar em alimentos que são fonte de lisina, um aminoácido associado à diminuição da replicação do vírus.

Quais são as sequelas do herpes zoster? ›

A doença pode deixar sequelas, que vão de cicatrizes a cegueira e surdez. Também é comum a neuralgia pós-herpética, conhecida como nevralgia, uma condição dolorosa que é ativada na maioria daqueles que desenvolvem a herpes-zoster e que pode durar vários anos.

Como aumentar a imunidade do corpo contra vírus da herpes? ›

Para tratar o herpes e evitar infecções recorrentes, deve-se fazer uma dieta que inclua alimentos ricos em lisina, que é um aminoácido essencial que não é sintetizado pelo organismo e que deve ser ingerido através da alimentação ou de suplementação, sendo que algumas fontes de lisina são as carnes, peixes e o leite.

Quem tem herpes zoster pode ter câncer? ›

Devido a isso, o aparecimento do distúrbio pode ser um sinal de alerta, já que, por estar associado à baixa capacidade de defesa do corpo, ele pode sinalizar doenças mais graves, como um câncer.

Porque não se pode tomar aciclovir à noite? ›

Não há essa recomendação formal de não usar a noite, acontece que o tratamento normalmente mais importante para o herpes é o antiviral comprimido tomado por via oral , daí não haver necessidade por exemplo de você acordar varias vezes a noite para reaplicação do creme de aciclovir, mas não que seja proibida a aplicação ...

Qual melhor sabonete para herpes zoster? ›

Em relação ao sabonete, pode usar qualquer sabonete neutro e evitar fricção local.

Como me curei da herpes? ›

Embora não exista uma cura para o herpes, existem remédios que podem ser usados para tratar uma crise mais rapidamente. O remédio mais usado é o Aciclovir, que é um antiviral que é capaz de enfraquecer o vírus, fazendo com que deixe de provocar as alterações na pele.

Como fazer a casca da herpes cair? ›

Se não houver sinais de inflamação e a casca tiver bem sequinha, você pode no máximo passar hipogloss ou bepantol que fariam mais a função de umedecer o local para que a casca solte mais naturalmente e tire um pouco a sensação de "ressecamento" que a presença da casca pode causar!

Qual a melhor vitamina para quem tem herpes? ›

As vitaminas C, B5, B6, zinco e magnésio e são boas escolhas. Além deste controle, a dieta equilibrada, rica em frutas e vegetais também é importante para evitar os surtos de herpes. Merecem destaque ainda os alimentos fontes de ômega 3, especialmente peixes e linhaça, capazes de melhorar o sistema imune.

Quais as frutas ricas em lisina? ›

Especialistas recomendam doses diárias de 500mg a 3.000mg de lisina, pois podem reduzir lesões. Além disso, outros alimentos, junto com os já citados anteriormente, como peixes, gemas de ovos, legumes e frutas (manga, damasco, maçã, pera e fico), são, também, boas opções de ingestão.

Como saber se a herpes zoster está melhorando? ›

Não há cura, há controle. Pode ser que volte em algum momento da sua vida a reaparecer, mas não é tão frequente reaparecer quanto o vírus do herpes simples. Em relação a dor, pode ser que se torne uma dor crônica por tempo indeterminado mesmo após o uso do aciclovir e o desaparecimento das lesões na pele.

Videos

1. Herpes Zóster - Ligado em Saúde
(Canal Saúde Oficial)
2. HERPES ZÓSTER - TRATAMENTOS, SINTOMAS E CAUSAS
(Um Rim Pra Mim)
3. Herpes Simples X Zoster
(Yuho Matsumoto)
4. O que é herpes-zóster? | Coluna #61
(Drauzio Varella)
5. HERPES ZOSTER (Shingles): Symptoms, Causes and Treatment
(Alberto Sanagustín)
6. Vacina contra o Herpes Zoster
(Dr. André Mansano - Tratamento da Dor)

Top Articles

You might also like

Latest Posts

Article information

Author: Ouida Strosin DO

Last Updated: 10/13/2022

Views: 6137

Rating: 4.6 / 5 (56 voted)

Reviews: 87% of readers found this page helpful

Author information

Name: Ouida Strosin DO

Birthday: 1995-04-27

Address: Suite 927 930 Kilback Radial, Candidaville, TN 87795

Phone: +8561498978366

Job: Legacy Manufacturing Specialist

Hobby: Singing, Mountain biking, Water sports, Water sports, Taxidermy, Polo, Pet

Introduction: My name is Ouida Strosin DO, I am a precious, combative, spotless, modern, spotless, beautiful, precious person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.